A carregar...
Última actualização: 18-06-2015 Publicado a: 31-12-1999

A Região

A Região

A Região de Lisboa e Vale do Tejo, região capital de Portugal, integra as NUTS III da Área Metropolitana de Lisboa, Lezíria do Tejo, Médio Tejo e Oeste, numa área de 12 216 Km2. Situa-se na Costa Oeste da Europa e é a fronteira mais ocidental do Continente Europeu, o que lhe concede uma localização geoestratégica privilegiada.

 

1 Região

4 NUTS III

52 Concelhos

355 Freguesias

NUT3
Mapa [download]
Lista de Concelhos [download]
Indicadores Regionais (consulte aqui)
Acompanhamento Dinâmicas Regionais (consulte aqui)

 

A Região concentra algumas das principais infraestruturas científicas e tecnológicas, económicas, financeiras e políticas de Portugal, e assume-se, claramente, como o motor do desenvolvimento nacional. Os 3,7 milhões de portugueses que nela vivem, estudam e trabalham produzem cerca de metade da riqueza do país. A Região oferece ainda uma diversidade de paisagens, de atividades e de culturas que fazem dela uma região única na Europa.

 

 

 

 

O território abrangido pela CCDR LVT é constituído por 52 concelhos os quais se encontram agrupados em 4 unidades territoriais – NUTS III: Médio Tejo, Oeste, Lezíria do Tejo e Área Metropolitana de Lisboa.


Esta nova divisão regional designada de NUTS 2013, que começou a ser aplicada a nível nacional e europeu a 1 de janeiro de 2015, não trouxe alterações no que respeita à área geográfica de atuação da CCDR LVT, tendo no entanto originado a agregação das NUTS III Grande Lisboa e Península de Setúbal numa única NUTS III – Área Metropolitana de Lisboa.Na sequência desta alteração, a anterior NUTS II “Lisboa” passa a designar-se igualmente “Área Metropolitana de Lisboa”.


Em 2014 a população residente na Região foi estimada em 3.631.738 pessoas, valor que representa uma diminuição de 4.669 residentes face ao ano 2013, mantendo-se assim, e à semelhança do registado para o total do país, a tendência de decréscimo populacional, embora com um ligeiro abrandamento em 2014.


Neste território com 12.216,40 km2, que corresponde a 13,3% do território nacional, reside uma parte substancial da população portuguesa – 35,2%, localizando-se neste espaço 20% das cidades portuguesas nas quais se concentra 37,8% da população portuguesa residente em cidades.


A Região gera 43,6% do PIB nacional, 37,1% do emprego e 35,9% das exportações, concentrando 50% do montante nacional aplicado em investigação, para o que contribui o fato de nela se concentrarem algumas das principais infraestruturas científicas e tecnológicas, económicas, financeiras e políticas de Portugal.


A Região articula uma Macrorregião Atlântica e assume-se como o motor do desenvolvimento nacional, concentrando 36,9% do número de empresas do país, oferecendo uma diversidade de paisagens, de atividades e de culturas que fazem dela uma região dinâmica e de grande atratividade.


A gestão deste território encerra particularidades que impõem um esforço adicional de coordenação e articulação de políticas, de entidades e de instrumentos de planeamento e programação, por razões que se prendem com o desfasamento existente entre unidades administrativas territoriais para fins de desenvolvimento regional, planeamento estratégico e gestão territorial (área de jurisdição da CCDR LVT) e para fins de aplicação de fundos comunitários (NUTS III Área Metropolitana de Lisboa).

Visite-nos Facebook Twiter You Tube