A carregar...
Última actualização: 07-11-2018 Publicado a: 07-11-2018

Berlengas

Tipo: Área Nuclear Estruturante da Estrutura Regional de Proteção e Valorização Ambiental do OVT

 

Concelhos: Peniche Áreas classificadas: Área Protegida (Reserva Natural das Berlengas) e Rede Natura 2000 (ZPE Ilhas Berlengas)


Descrição geral: A Ilha da Berlenga dista cerca de 7 milhas do Porto de Peniche, com comprimento e largura máximos de 1500 e 800 metros respetivamente, um perímetro de 4000 metros, 88 metros de altitude máxima. 

 

Área com elevado interesse botânico com vários endemismos e espécies de distribuição restrita. Local de nidificação para algumas espécies de aves marinhas e ponto de passagem para numerosas espécies migradoras. Reserva Marinha de grande riqueza faunística, nomeadamente ictiológica. (Site da CM de Peniche: ver mais aqui)

 

A importância das Berlengas enquanto ecossistema insular, o valor biológico da área marinha envolvente, o elevado interesse botânico, o papel da ilha em termos de avifauna marinha e a presença de interessante património arqueológico subaquático foram outros tantos fatores que pesaram na classificação do arquipélago como Reserva Natural. (Site do ICNF)

 

A Reserva Natural das Berlengas compreende uma área muito vasta de reserva marinha situada na envolvente do arquipélago. A extensão total aproximada é de 9.560 ha (área terrestre da Reserva - ca. 104 ha; área marítima - ca. 9.456 ha).

 

O arquipélago oceânico é composto por numerosas ilhas e rochedos de contorno irregular, com encostas escarpadas, dispostas em três grupos, nomeadamente a Berlenga, as Estelas e os Farilhões-Forcadas. O arquipélago fica situado na Plataforma Continental da fachada oeste da Península Ibérica, cerca de 6 milhas para ocidente do cabo Carvoeiro, junto da cidade de Peniche. (Site do ICNF)

 

O airo Uria aalge, ave adotada como símbolo da Reserva Natural e, em muitos aspetos, muito semelhante ao pinguim das paisagens antárticas, tem na Berlenga o seu único local de nidificação em Portugal. (Site do ICNF: ver mais aqui)

 

Fonte das imagens: Site da CM de Peniche

Visite-nos Facebook Twiter You Tube