A carregar...
Última actualização: 15-02-2017 Publicado a: 15-02-2017
Feed RSS

Comunicado Conjunto | Ponto Situação Ocorrência de Incêndio na SAPEC

Direção-Geral da Saúde
Instituto Nacional de Emergência Médica

Inspeção-Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território

Autoridade Nacional de Proteção Civil

Agência Portuguesa do Ambiente

Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo

Instituto Português do Mar e da Atmosfera

 

Comunicado Conjunto

Ponto de situação relativo à ocorrência de incêndio na SAPEC

 

No seguimento das recomendações efetuadas ontem pela Proteção Civil Municipal de Setúbal e em face do incêndio já em fase de rescaldo na SAPEC, as autoridades da saúde e do ambiente, concertadas com a proteção civil e com o instituto do mar e da atmosfera, informam a população acerca da existência de potenciais riscos para a saúde humana.

 

A conjugação de uma maior dificuldade na extinção do incêndio com circunstâncias atmosféricas que conduziram à rotação dos ventos para o quadrante leste, levaram a que uma expectativa inicial de dissipação da nuvem poluente não se concretizasse.

 

Assim, verificando-se a existência de níveis elevados de dióxido de enxofre no ar ambiente sobre a Península de Setúbal, aconselha-se a população a manter os cuidados ontem recomendados pela Proteção Civil Municipal de Setúbal. Todos devem adotar medidas de proteção em relação à exposição, que passam por evitar a permanência no exterior ou fazer esforços ao ar livre. As crianças, idosos, doentes com problemas respiratórios crónicos e os doentes do foro cardiovascular são ainda aconselhados a permanecer no interior dos edifícios com as janelas fechadas e a cumprir a medicação habitual.

 

A Linha Saúde 24 (808 24 24 24) está sempre à disposição dos cidadãos. As autoridades estão a acompanhar a evolução da situação e atualizarão as informações logo que se justifique.

 

Lisboa, 15 de fevereiro de 2017

Pesquisar notícias:
Visite-nos Facebook Twiter You Tube