A carregar...
Última actualização: 11-01-2022 Publicado a: 11-01-2022
Feed RSS
Lisboa 2020 com Taxa de Execução de 63,5% Supera Meta Fixada para 2021

Lisboa 2020 com Taxa de Execução de 63,5% Supera Meta Fixada para 2021

Programa Operacional Regional de Lisboa (Lisboa 2020) encerrou o ano de 2021 com uma execução acumulada de 519,1 milhões de euros, valor que representa 63,5% da dotação deste programa regional do Portugal2020.

 

Do valor executado, 407,4 M€ têm origem no Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), e 111,7 M€ no Fundo Social Europeu (FSE).

 

À data de 31 de dezembro de 2021, o Lisboa 2020 registava 4.137 operações aprovadas para financiamento comunitário, importando a utilização integral do montante disponível para o Programa.

 

Daquele universo, 675 operações correspondem ao denominado “Investimento Municipal” com um financiamento comunitário de 211 M€ e uma execução já realizada de 149 M€.

 

Da mesma forma, no âmbito do “Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial” - contratualizado com a Área Metropolitana de Lisboa - para um total de 98 M€ disponíveis, foram até àquela data aprovadas 281 operações, com um financiamento comunitário de 85 M€ e 56 M€ de execução.

 

Já a componente “Política de Cidades”, e concretamente para Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) com uma dotação de 79 M€, o Lisboa 2020 fez aprovar 212 operações com um financiamento comunitário de 91 M€, dos quais 66 M€ já executados.

 

Finalmente, no âmbito dos Sistemas de Incentivos, o Lisboa 2020 já aprovou 1.870 operações, para um financiamento comunitário de 335,8 M€ e uma execução atual de 106,4 M€.

 

Este foi o ano com maior execução desde o início deste quadro de apoios comunitários, superando a meta de execução fixada para Lisboa 2020 para o exercício de 2021, que ascendia a 62%.

 

Para uma informação mais detalhada, poderá ser consultada a lista de operações aprovadas (atualizada a 31.12.2021) no site de internet do Lisboa 2020, em https://lisboa.portugal2020.pt/np4/47.html

Pesquisar notícias:
Visite-nos Facebook Twiter You Tube